Técnicas para melhorar o treinamento das equipes de trabalho

Durante muito tempo, os treinamentos corporativos foram feitos através de métodos ditos tradicionais, com um professor falando e os alunos assistindo sem participar ativamente das instruções. Mas, com o passar dos anos, verificou-se que essa metodologia já estava ultrapassada e que era preciso se adaptar às dinâmicas do mundo moderno.

Com a evolução das pesquisas sobre os métodos de ensino, notou-se que as pessoas aprendem melhor quando são estimuladas através dos seus sentidos e com a participação prática nas aulas. Por isso, foram desenvolvidos diversos métodos baseados em aulas mais práticas, visuais, participativas e que estimulam o raciocínio e a criatividade dos participantes.

Nesse artigo você conhecerá algumas das técnicas mais modernas para tornar os treinamentos das equipes da sua empresa mais produtivos e interessantes para os seus colaboradores.

Método Trahentem

Essa técnica inovadora foi idealizada por Flora Alves, especialista em aprendizagem corporativa. A autora é uma das maiores autoridades no assunto do país e seus livros: Gamification e Design de Aprendizagem com o uso de Canvas estão entre os mais vendidos pela Amazon na sua categoria.

O Trahentem é uma solução para aprendizagem coletiva que foca em inteligência emocional, escuta ativa, interação, flexibilidade cognitiva e desenvolvimento de competências relacionadas às demandas da dinâmica contemporânea do ambiente organizacional.

O método auxilia o trabalho dos criadores instrucionais na identificação das necessidades de aprendizagem das equipes de trabalho, de forma a construir treinamentos corporativos mais simples e efetivos. A aplicação pode ser feito tanto presencialmente quanto online, por meio do site canvastrahentem.com

Spin Design

A metodologia do Spin Design trabalha com a premissa de que a linguagem visual deve ser melhor aproveitada, já que exige menos esforços do cérebro e gera mais estímulos positivos, como a concentração e a criatividade.

O método é baseado no uso de ilustrações, desenhos, infográficos, jogos, vídeos e outros elementos visuais, intensificados com a técnica do storytelling.

O CEO da Spin Design, Renato Gangoni, criou cinco pilares para serem trabalhados em treinamentos baseados na metodologia. São os seguintes:

  1. Apresente a história das pessoas: as pessoas tendem a se identificar com as histórias de superação e sucesso de outras pessoas e não de empresas. Então, para aumentar o engajamento, conte a história das pessoas que estão por trás do seu negócio.
  2. Revele o que costuma ficar escondido: o trabalho com o uso da linguagem visual, mostre o que acontece nos bastidores, aqueles processos que poucos conhecem e que a sua companhia costuma esconder.
  3. Seja objetivo: excessos não são indicados nem mesmo em atividades que envolvem muita linguagem visual. É fundamental que se mantenha o foco, de forma a manter a concentração e o entendimento dos colaboradores durante o treinamento.
  4. Incentive a integração sensorial: uma boa interação por meio da linguagem visual deve favorecer também os outros sentidos. O foco é o visual, mas é importante também estimular os outros sentidos, por meio de sons e texturas diferentes.
  5. Escolha a melhor plataforma: cada tipo de plataforma é indicada para uma determinada situação. Por exemplo: quando é preciso transmitir um grande volume de informações interligadas, o ideal é apresentar um infográfico. Se é preciso explicar um assunto de forma emocional, o vídeo é o que gera mais resultado.

Você quer transmitir a ideia de uma marca forte para os seus clientes e aumentar a economia e o conforto dos seus colaboradores com uniformes modernos e de qualidade? Faça um orçamento conosco, teremos o prazer de atender as suas necessidades de forma rápida e personalizada. Clique Aqui!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.