Inteligência emocional no trabalho

A inteligência emocional é a capacidade do ser humano de entender e administrar as suas próprias emoções e saber lidar com os sentimentos das pessoas com quem estabelece relações.

Conseguir gerenciar o lado emocional é fundamental para o bom desempenho profissional, já que tudo começa na nossa mente e na nossa postura diante das situações da rotina de trabalho.

Por isso, é muito importante que todos os membros de uma organização tenham consciência da sua capacidade emocional e estejam preparados para aprender e evoluir nesse aspecto.

Confira agora algumas habilidades essenciais para aprimorar a inteligência emocional no ambiente laboral.

Aumentar o autoconhecimento

Para que haja uma mudança de comportamento efetiva, de forma a aumentar a inteligência emocional, é preciso que o indivíduo conheça muito bem a si mesmo.

Somente com o autoconhecimento é possível identificar os nossos pontos fortes e pontos fracos. Desse modo, podemos usar o que temos de melhor para eliminar ou amenizar os nossos defeitos, de forma humilde consigo mesmo, admitindo os erros e empreendendo esforços para ser um profissional melhor.

Aprender a lidar com pressão

O ambiente corporativo é propício para um alto grau de pressão. Há metas a serem cumpridas, regras rígidas a serem observadas e tudo deve ser feito no menor tempo possível.

Para tornar o desafio ainda mais difícil, nem sempre estamos em bons momentos. É fundamental que se consiga separar as dificuldades pessoais das pressões do trabalho.

Em vez de alimentar o estresse e deixar o medo de não conseguir dar conta do recado causar angústia, é preciso ter muita calma e serenidade para fazer o que tiver que ser feito, mantendo o autocontrole.

Evitar a negatividade

Problemas sempre estarão presentes durante a rotina de trabalho, algumas vezes eles são inevitáveis e imprevisíveis. Além de trabalhar para resolver situações desagradáveis, é preciso que haja foco em tornar as coisas positivas.

Reclamar dos problemas, alimentar fofocas e “colocar lenha na fogueira” com os colegas de trabalho só piora a situação. Agir com inteligência emocional, nesse caso, significa agir para tornar a ocasião mais positiva, desde as palavras usadas até as ações realizadas.

Não usar comunicação violenta

A comunicação violenta é aquela na qual se usa palavras de acusação e apontamento dos defeitos do interlocutor. Esse tipo de linguagem prejudica relações interpessoais e deve ser sempre evitada.

Uma comunicação inteligente deve ser feita de forma a explicitar os nossos próprios sentimentos, de forma clara e o mais leve possível, e não expor as falhas das outras pessoas, mesmo quando elas estão erradas.

Desenvolver a empatia

Para que haja boas relações no ambiente de trabalho, é importante entender a linha de raciocínio do outro e saber se colocar no lugar das outras pessoas. Por isso, é muito importante desenvolver a empatia.

Evitar julgamentos, ser solícito, ajudar os colegas a não nutrirem raiva e estresse, ser paciente e compreensivo, tudo isso deve fazer parte de um comportamento empático e inteligente.

Você quer transmitir a ideia de uma marca forte para os seus clientes e aumentar a economia e o conforto dos seus colaboradores com uniformes modernos e de qualidade? Faça um orçamento conosco, teremos o prazer de atender as suas necessidades de forma rápida e personalizada. Clique Aqui!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.